As Nuvens

Bem vindos mais uma vez ao Titans Clima Kids onde desta vez irão aprender mais sobre as nuvens, sua formação e diferentes tipos de nuvens. Passamos então à primeira grande questão que todos fazem: Como as nuvens se formam ?

Como as nuvens se formam ?

Como as nuvens se formam ?

 

A origem de uma nuvem está no calor que é irradiado pelo sol atingindo a superfície de nosso planeta. Este calor evapora a água que sobe por ser menos densa que o ar ao nível do mar. Ao encontrar regiões mais frias da atmosfera o vapor se condensa formando minúsculas gotinhas de água que compõem então as nuvens.

 

BASTA ENTÃO CALOR E HUMIDADE ?

 

Não. Na atmosfera a temperatura do ar diminui com a altura. Dependendo de quão rápida é esta diminuição, o crescimento de uma nuvem pode ser acelerado ou inibido. Alguns outros fatores podem também dar uma “mãozinha” para que a nuvem cresça: as montanhas, onde ventos batem forçando o ar quente a subir, e as frentes frias, camadas de ar frio que funcionam como uma cunha empurrando o ar quente para cima. Sabe-se ainda que para o vapor tornar-se uma gotinha d’água ele precisa encontrar na atmosfera partículas sólidas sobre as quais se condensar. Essas partículas estão sempre em suspensão no ar, mesmo nas regiões onde o ar é muito puro.

Processos de formação das Nuvens

Processos de formação das Nuvens

 

E agora uma outra questão que muitos fazem: Que tipos de nuvens existem ? Os Jovens Titans também fizeram essa pergunta !

Tipos de Nuvens

Que Tipos de Nuvens existem ?

 

De uma forma simples existem três tipos de nuvens, Nuvens baixas, Nuvens médias e Nuvens altas. Cada um destes três tipos pode ser subdividido nas seguintes categorias de nuvens.

Nuvens baixas

Internacionalmente, existem cinco denominações para tipos de nuvens  que se encontram no estágio baixo, a 2 km da superfície.

  • Cumulus – Cu – Nuvens isoladas que apresentam uma base sensivelmente horizontal, tem contornos bem definidos, uma cor bem branca quando iluminada pelo sol, provoca chuvas na forma de pancadas, constituídas principalmente por gotículas de água, mas podem conter cristais de gelo no topo. Variações: humilis, quando apresentam desenvolvimento vertical;mediocris, quando possuem o topo arredondado; fractocumulus, quando se desmancham por causa de alguma turbulência.
  • Congestus – Tem bordas protuberantes no topo e considerável desenvolvimento vertical, indica profunda instabilidade e favorecimento por escoamento ciclônico em altitude.
  • Cumulonimbus – Cb – Com grande desenvolvimento vertical apresenta a forma de uma montanha e sua forma só pode ser vista de longe devido ao seu tamanho. No topo, geralmente apresenta a forma característica de uma bigorna. É uma nuvem mais escura formada por grandes gotas de água e granizo, podendo conter cristais de gelo no topo. Está associada a tempestades fortes com raios e trovões.
  • Stratocumulus – Sc – Cinzentas ou esbranquiçadas é formada por gotículas de água e estão associadas a chuvas fracas. Variações: cumulusgenitus, vesperalis.
  • Stratus – St – Nuvem cinzenta que provoca chuvisco. De cor cinza forte com base uniforme, costuma encobrir o sol ou a lua.

 

 

 

 

Nuvens médias

A seguir, três denominações para as situadas em estágio médio, de 2 a 8 km em latitude tropical, 2 a 7 km em região temperada e de 2 a 4 km na região polar…

  • Nimbostratus – Ns – Nuvens de grande extensão e base difusa formadas por gotas de chuva, cristais ou flocos de gelo com cor bastante escura.
  • Altostratus – As – Assemelham-se a um lençol cinzento, às vezes azulado, sempre tem umas partes finas que permitem ver o sol. É formada por gotas de chuvas e cristais de gelo.
  • Altocumulus – Ac – Nuvem cinza (às vezes branca) que apresenta sombras próprias e tem a forma de rolos ou lâminas fibrosas ou difusas. Raramente contém cristais de gelo e por entre as nuvens deste tipo é possível enxergar pedaços do céu claro. Variações: lenticularisradiatuscumulusgenitusopacusplocus ou castellatus.

 

 

 

Nuvens altas

E por fim, três denominações para formações em estágios altos, de 6 a 18 km na região tropical, 5 a 14 km na região temperada e 3 a 8 km na região polar.

  • Cirrus – Ci – Nuvens com brilho sedoso, isoladas e formadas por cristais de gelo parecendo convergir para o horizonte. Podem se formar da evolução da bigorna da cumulusnimbus. Variações: filosus ou fibratus, uncinus, spissatus ou nothus, ou densus.
  • Cirrocumulus – Cc – Nuvens braças compostas quase exclusivamente por cristais de gelo agrupados em grânulos semi-transparentes. Variações: stratiformis, lenticularis, castellatus.
  • Cirrostratus – Cs – Nuvens parecidas com um véu transparente que dão ao céu um aspecto leitoso. Constituída por cristais de gelo. Variações: fibratus, nebulosus.

 

 

Confiram os diferentes tipos de nuvens na imagem abaixo:

Tipos de nuvens

Tipos de nuvens

               

Deixar uma resposta

Ao utilizar este site, concorda que o mesmo utilize cookies. Saber Mais

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close